"Bandeiras machucadas" alertam para violência doméstica na Copa

J. Walter Thopmson de Londres assina campanha sobre denúncias quando a Inglaterra joga

 

Uma campanha para a National Centre for Domestic Violence (Centro Nacional para Violência Doméstica do Reino Unido) destaca o aumento de casos quando a Inglaterra entra em campo.   

A ação criada pela J. Walter Thomspon de Londres usa imagens de mulheres e homem machucados em uma montagem que lembra a bandeira de países participantes da competição.

As imagens mostram bandeiras da Inglaterra, da Suíça, do Japão e da Bélgica com sangue e machucados. "Se o [país] levar uma surra, ele(a) também levará", explicam os posts na página do NCDV no Facebook.

A iniciativa foi feita para divulgar que quando a Inglaterra entra para jogar uma partida na Copa do Mundo, as denúncias de violência doméstica sobem em 26%. Se o time perde, em 38%. Esse aumento é atribuído ao excesso de álcool e aos ânimos exaltados por conta da partida. Mesmo no dia seguinte ao jogo, a Inglaterra ganhando ou perdendo, o índice de violência doméstica sobe 11%. 

Leia mais
Brahma "assume" mascote russo na torcida pelo Brasil
Blogueiras do Estadão dão voz a mulheres vítimas de violência

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações