Festival de Cannes anuncia telefone para denunciar assédio sexual

Evento e governo francês fizeram parceria após denúncias contra Harvey Weinstein

O Festival de Cannes  (cinema) terá uma linha telefônica para que vítimas ou testemunhas denunciem assédio sexual. A iniciativa é feita em parceria entre evento e governo francês.

A ação é um dos reflexos dos movimentos #MeToo e Time's Up, resultados das acusações contra o produtor de cinema Harvey Weinstein.

Weinstein é investigado por mais de 60 acusações de assédio sexual, sendo que alguns casos teriam ocorrido em Cannes.

Segundo o Estadão, a ministra francesa da igualdade, Marlene Schiappa, disse à agência de notícias AFP que "um dos estupros que Harvey Weinstein é acusado ocorreu em Cannes, e o festival não pode não agir". Ela estaria se referindo à atriz italiana Asia Argento, que acusou o produtor de estuprá-la durante o evento de 1997, quando ela tinha 21 anos de idade.

O Festival de Cannes de 2018 começa no dia 8 de maio. 

Leia mais
Cannes tem programação mais imersiva
Atrizes de Hollywood encabeçam campanha contra assédio sexual

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações