Paulo Giovanni deixa cargo de chairman da Publicis Comunicações

Publicitário estava no comando de agências do grupo francês no Brasil desde outubro de 2014

O publicitário Paulo Giovanni não é mais o chairman da Publicis Comunicações Brasil, o ex-Grupo PWW. Ele deixou o cargo nesta semana. Pela Publicis Comunicações, Giovanni era chairman de cinco das oito agências do Grupo Publicis no Brasil: : Leo Burnett Tailor Made, Talent Marcel, DPZ&T, AG2 Nurun e Publicis Brasil.  Giovanni estava na posição desde  outubro de 2014, acumulando as funções de chairman da Leo Burnett Tailor Made, cargo ao qual ele deve se dedicar full time a partir de agora. O Publicis também controla no Brasil a F/Nazca Saatchi & Saatchi, a Neogama e a MSL/Espalhe.

O PROPMARK apurou que a decisão de saída do cargo de chairman estaria ligada a um "processo  natural" de conclusão de projetos que incluíram fusão de negócios, entre eles a operação da Talent com a francesa Marcel, e  a fusão da DPZ com a Taterka; e de estruturação de trabalho envolvendo a Publicis e a DPZ&T.

O sucessor de Giovanni ainda não foi definido.  O executivo do Publicis Justin Billinsgley, Chief Operating Officer global  da Saatchi & Saatchi e integrante do  Commitê da Publicis Communications, esteve ontem, quinta-feira (16)  em São Paulo   para concluir o processo de saída de Giovanni do cargo de chairman. Giovanni já havia avisado de sua decisão aos presidentes das agências ligadas à Publicis Comunicações Brasil no início da semana. 

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações