No último domingo (13), o Facebook estreou a nova fase da campanha de marketing Somos Mais Juntos no Brasil, com foco em Grupos do Facebook que tratam de empoderamento feminino, empoderamento negro e orgulho LGBTQIA+ — três assuntos que brasileiros disseram em pesquisa que são urgentes de serem debatidos para gerar mudanças positivas na sociedade.

O Facebook lançou a Somos Mais Juntos em setembro de 2019, destacando os Grupos na plataforma como instrumento para conectar e aproximar pessoas com interesses em comum. Atualmente, segundo empresa, mais de 1,4 bilhão de pessoas no mundo acessam Grupos todos os meses.

Ao longo de todo o desenvolvimento das peças da nova fase da campanha Somos Mais Juntos, o Facebook buscou profissionais diversos, para garantir representatividade e autenticidade no debate que está sugerindo.

Antes de começar o desenvolvimento da nova fase da campanha, o Facebook e o Instituto Flamingo conversaram com brasileiros que usam o Facebook com frequência, para entender quais eram os temas para elas em que as conversas eram importantes. 

Ao longo das entrevistas as pessoas destacaram que durante o isolamento social, algumas conversas ficaram mais intensas: sobre sexismo, racismo e LGBTQIA+fobia. As pessoas disseram que esses são assuntos urgentes de serem debatidos e que Grupos do Facebook são espaços para conversas relevantes que podem ajudar a provocar mudanças. 

“Foi muito significativo ouvir das pessoas que usam a plataforma, sobre a importância da  empatia e do diálogo, e como ambos são indispensáveis para iniciar conversas que podem gerar mudanças positivas, assim como que os Grupos do Facebook podem ter um papel valioso nesses processos” afirma o líder de marketing do Facebook no Brasil, Bernnardo Bonnard. “Por isso, nós fomos atrás de histórias reais inspiradoras, que acontecem dentro dos Grupos, e chamamos os próprios membros de alguns deles para mostrarem como encontraram uma rede de suporte, conselho que os ajudou a conquistar mais.”

Junto com a Wieden+Kennedy e a Mutato, foram criados 6 filmes para plataformas sociais e três para televisão, além de peças para digital, veículos impressos e out-of-home. Nesses materiais o Facebook vai contar histórias reais de maneira divertida e emocionante. No vídeo “Coming Out” (algo como “Se assumindo”, em tradução livre), que é o primeiro da nova fase da campanha, pessoas de Grupos do Facebook dançam ao som de I’m Coming Out, da cantora Diana Ross — mais leves por terem encontrado apoio nos Grupos para serem eles mesmos. Alguns dos Grupos que inspiraram essa campanha foram o Filhos do Arco Íris e o Gaymers Brasil

Coming Out | FB

Entre na conversa sobre ter orgulho de ser quem a gente é. Entre nos grupos Afrodengo LGBTT+, Gaymers Br e Filhos do Arco-Íris – Grupo de Apoio aos LGBT+. #SomosMaisJuntos

Posted by Facebook app on Sunday, September 13, 2020

Já o vídeo “Casa Nova” mostra uma mulher terminando de montar o seu novo lar, e o filme destaca que por meio de Grupos de apoio entre mulheres ela conseguiu criar coragem para sair de um relacionamento e seguir seu caminho. Entre os Grupos de inspiração para esse filme estão Entre Nós, Mulheres e o Sororidade

A campanha vai destacar também comunidades negras, onde as pessoas se juntam para debater a importância da diversidade, questões sobre racismo e criam redes de suporte, em Grupos como Orgulho Negro Rede de Profissionais Negros.