A “CCXP Worlds: A Journey of Hope”, nome da Comic Con Experience em 2020, confirmou que terá conteúdo gratuito, benefícios extras pagos e presença global.

Em coletiva na manhã desta terça (8), a Omelete&Co informou que a edição virtual, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de dezembro, terá quatro tipos de ingresso, incluindo o acesso grátis.

A ideia é que o festival transporte para o ambiente digital as principais áreas de sua versão física: Auditório Thunder, Artists’ Alley, Game Arena, Creators & Cosplay Universe. A área de estudios ganha sua versão digital, a Hollywood Strip, e as lojinhas viram o Market Place.

O estúdio de vidro, com os destaques da programação, será a Omelete Stage. O espaço virtual terá entrevistas com as celebridades de Hollywood, bastidores das produções, veredictos em tempo real e muita interação com os fãs.

Serão cinco streamings simultâneos. A maior parte do conteúdo será acessível mediante cadastro. Quem quiser conteúdos extras, receber a credencial física e ter produtos licenciados, pode adquirir os pacotes Digital Experience, Home Experience e Epic Experience. A venda dos ingressos começa a partir do dia 15 de setembro.

CCXP anuncia funcionamento de sua edição virtual em 2020

Pierre Mantovani, CEO da CCXP, comenta a estratégia. “Em um ano tão difícil como o de 2020, é uma alegria poder contribuir para essa collective joy em uma escala global, levando a experiência épica da CCXP para casas de fãs da cultura pop de todo o planeta. São diversos os desafios para transportar para o ambiente virtual toda a energia do público, mas estamos empenhados em criar o mundo de todos os mundos”, conta.

A plataforma da CCXP Worlds será explorada a partir de um mapa interativo. Cada espaço corresponde a uma área. Também será possível acessar lojas virtuais e interagir com outros fãs do mundo todo. Até dezembro, novas áreas serão desbloqueadas e novos anúncios serão feitos.

Assim como nas edições físicas, o evento virtual terá conversas com celebridades de Hollywood, anúncios, trailers inéditos, premières e painéis sobre as maiores produções do cinema e das plataformas de streaming.

O Artists’ Valley, coração do festival, terá mesas virtuais com os artistas em grupos ou individualmente para conhecer e comprar artes originais, que serão enviadas para a casa do cliente.

Também será possível personalizar a experiência para saber mais do universo de determinado quadrinista, participar de masterclasses, workshops e acompanhar batalhas de artistas. Quem deseja expor pode se inscrever também pelo site do festival.

Gal Gadot, intérprete da Mulher Maravilha, durante a CCXP 2019; painel com a atriz lotou o principal auditório e foi um dos mais concorridos de todas as edições do evento

O espaço Creators terá um crossover de criadores de conteúdo online e offline, com apresentações e shows ao vivo, além de masterclasses. O streaming do Creators vai dividir espaço com o Cosplay Universe. Na Cosplay Academy, o público terá acesso a workshops e convidados internacionais. O tradicional Concurso Cosplay terá uma dinâmica com a participação do público, jurados estrangeiros e premiações.

Os melhores momentos da CCXP serão destacados pelo time do Omelete em uma live de sexta sem fim.

Os disputados encontros com as celebridades ganham uma versão virtual. Os fãs podem escolher entre alguns minutos com seu ator favorito no Meet & Greet ou pedir um vídeo com uma saudação personalizada.

Como primeiros anúncios da programação, a CCXP apresenta 14 convidados. Entre os confirmados estão Emil Ferris, a quadrinista mais premiada de 2018 e autora de ‘Minha Coisa Favorita é Monstro’, e Dave Gibbons, autor do clássico ‘Watchmen’, obra que inspirou a série da HBO com 26 indicações ao Emmy 2020, e ‘Kingsman: O serviço secreto’, série escrita por Mark Millar e adaptada para o cinema com dois filmes lançados e um terceiro já anunciado.

Completam a lista o quadrinista Scott Snyder (Batman e Liga da Justiça), Kevin Eastman (Tartaruga Ninja), Marcelo D’Salete (Angola Janga e Cumbe), Andrea ‘Casty’ Castellan (Mickey e Tio Patinhas), Margaux Motin (Placas tectônicas), Trina Robbins (A lenda da Mulher-Maravilha), Jeff Lemire (Gideon Falls e Arqueiro Verde), Gerry Conway (Homem-Aranha e Batman: A série animada), Garth Ennis (The Boys e Justiceiro), Jill Thompson (Sandman e Mulher-Maravilha), Leandro Fernandez (The Old Guard) e Fabien Toulmé (A odisseia de Hakim).

Além dos conteúdos gratuitos, a CCXP 2020 terá as opções Digital Experience (R$35) para acesso total às principais transmissões do festival, credencial virtual por e-mail, fancam, acesso a workshops e masterclasses, além de pré-venda da CCXP21. O Home Experience (R$35 + R$21 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial, cordão, tag de porta, pin e stickers.

Já o Epic Experience (R$450,00 + R$21 de frete), o pacote mais completo, tem o kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP – incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster, além de desconto no ingresso da CCXP21.

Não haverá mudança de lote e os valores permanecerão os mesmos até dezembro.

Publicidade