Memes na publicidade: 10 marcas que quebraram a internet

Empresas que aproveitaram o assunto do momento para impulsionar campanhas e entrar na zoeira

Se um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, os memes caem e seguem firmes e fortes para provar que a internet pode ser quebrada várias vezes. De olho nessa força e poder de renovação, marcas aproveitam os assuntos do momento para maximizar sua mensagem e causar na web. Mas nem só de timing vive a publicidade. Hits "antigos" da websfera renascem das cinzas para provar que uma boa piada não tem data de validade e podem, sim, servir como uma luva para determinada campanha. PROPMARK reuniu alguns exemplos novos e old school de marcas que adotaram um meme para chamar de seu:

1 - É meme que você quer? Pergunta lá no Posto Ipiranga

Essa semana o Posto Ipiranga e a Talent Marcel apresentaram nada mais nada menos que seis filmes com cerca de 30 personalidades e situações inusitadas para reforçar o conceito de “posto completo” para todos os perfis e jeitos de chegar ao local.  Entre as possibilidades, a agência destacou a Carreta Furacão e a conversa bem tipo Top. Confira os dois abaixo. Todos os filmes podem ser vistos aqui.  Tá Topzera.

 2 - Brastemp memerável

Usando um tom de homenagem e unindo diversas gerações da Brastemp, a marca não economizou nos memes  e misturou na mesma campanha os famosos amigos do slogan "Não é assim uma Brastemp" contracenando com sucessos da internet. Criado pela FCB Brasil e produzida pela Santa Transmedia, o filme reúne as atrizes Glória Pires, Suzana Vieira, Carolina Ferraz e a apresentadora e culinarista Bela Gil com seus bordões. Até o menino do Acre que sumiu "apareceu". 

 3 - Barra para todo mundo

A Hershey's criou uma prova de resistência para internautas com a aktuellmix em que para participar era preciso literalmente segurar uma barra - a de espaço do teclado. Para divulgar a promoção, a marca escolheu a banda Raça Negra, dona do sucesso Cheia de Manias, dos versos "me ajude a segurar essa barra que é gostar de você" e que aparentemente nunca sai de moda no ambiente virtual.

4 - Fefe no Habib's 

Em 2015, o dinossauro que viralizou a língua do 'F' nas redes sociais deu uma passadinha no Habib's. E foi fofo. Um suceffo!

5 - Forninho do desapego

Até o vovê da OLX disse 'eita, Giovanna!'

6 - Treta deliciosa

Em 2016, a Oreo entrou em uma das maiores brigas da internet para decifrar um dilema antigo da humanidade: é bolacha ou biscoito? A marca criou um funk e chamou a youtuber JoutJout Prazer para responder ao questionamento. No fim, a marca saiu como sinônimo de ambos.

7 - Rainha do rebolado meme

A Gretchen segue com a serenidade no olhar de quem conquistou o trono da internet. Entre as marcas que apostaram na rainha estão Amanco e Reserva. A Amanco usou a imagem da cantora na campanha multiplataforma Infiltrados. Já a Reserva criou uma linha de camisetas masculinas e femininas com rosto e memes da cantora. "Eu tenho meu público", já diria a diva.

8 - Ó o gás!
Ah os hits de Carnaval. Todo ano eles inspiram memes e fazem a alegria dos internautas. Em 2017, o Funk do Gás abalou as estruturas do ambiente virtual e fez muita gente levantar os braços. A Ultragaz não perdeu a oportunidade. A empresa tem mais de 30 vídeos de funcionários dançando a música em diversas localidades no país. Assista todos na fanpage da empresa. 

Se você não estava na Terra em 2017 ou quer relembrar a dança para o Carnaval deste ano, os funcionários da Ultragaz de Paulínia (SP) ensinam a dançar:

Mas não foram só humanos que se renderam ao hit. A animação Hora de Aventura, do Cartoon Network, caiu na dança com “Ó A Aventura” e conquistou quase cinco milhões de visualizações no Facebook.

9 - Luiza, aquela do Canadá

Parece que foi ontem, mas em 2012, Luiza, que estava no Canadá, esteve bem presente no país em uma avalanche de comentários, montagens, piadas e conversas. Tudo começou com uma propaganda em João Pessoa (PB) e acabou em outras. Várias marcas brincaram com a ausência da menina, entre elas a Decolar.com.

10 - Que tiro...

Se Ó o gás foi a música que embalou o Carnaval de 2017, este ano a festa já tem um novo hino: Que Tiro Foi Esse?, da JoJo Toddynho. E a Havaianas foi a primeira marca a trabalhar com a artista. Quem será a próxima empresa a sambar na cara da inimiga e desfilar com as amigas?

Bônus 1 - Netflix na 1ª Guerra Memeal

A Netflix não brinca em serviço e está sempre atenta a tudo que acontece na internet. Em 2016, a empresa participou da #PrimeiraGuerraMemeal, entre Brasil e Portugal, depois que os portugueses tentaram se apropriar dos memes brasileiros.  O estopim foi quando a internet de lá pegou o meme “in brazilian portuguese we don’t say” (em português brasileiros nós não dissemos), que fez muito sucesso em 2015, e fez a versão “in Portugal we don’t”. A Netflix no Brasil, claro, defendeu os BRs. Fica longe dos meus memes, tá?

Bônus 2:

O Cemitério Jardim da Ressurreição, apelidado nas redes sociais carinhosamente de Cemi, é uma das empresas que mais sabe utilizar memes e trending topics em seus posts. Em 2016, a empresa usou lápides para perguntar como os seguidores estavam naquele momento...

 Até o hit "Vai, Malandra", da Anitta, inspirou o Cemi:

Um dos memes mais usados nos últimos meses também rendeu post para a empresa:

Mas nem tudo é legal para o Cemi. Nesse post ele mostra que também pode ser seletivo e dizer "você não":

Leia mais
Ipiranga e Talent Marcel misturam Carreta Furacão e tapete voador
Hits na publicidade: paródias que deram o que falar em campanhas

*O propmark não se responsabiliza pelos comentários postados nas plataformas digitais. Qualquer comentário considerado ofensivo ou que falte com respeito a outras pessoas poderá ser retirado do ar sem prévio aviso.

Receba nossa newsletter

editora referência

O PROPMARK é uma publicação da Editora Referência.
Conheça também nossas outras marcas, prêmios e eventos.

Prêmios e Eventos

Publicações