Opinião

Como estás, viejo?

Ele era um argentino engraçadíssimo, um doido completo, tremendo bom caráter

Oportunidade para criativos

Para quem gosta de escrita criativa, o Brasil está oferecendo uma bela oportunidade: o desenvolvimento de narrativas convincentes sob encomenda….

Saindo da modorra

Finalmente, o mercado publicitário brasileiro começou a se mexer, dando sinais de que vai dizendo adeus à letargia. Vários fatos…

O invasor

Eric não era filho de algum cliente, como a agência supunha, nem filho de alguém da agência, como pensava o cliente

A lógica da vitrola e do vinil

O mercado deve ter em mente a lógica da vitrola e do vinil, criadores de duas indústrias que mudaram a história, assim como os veículos e as agências

A panaceia da tecnologia

O importante é sabermos contrabalançar os dois mundos, o humano e o tecnológico

Entre a ilha e o continente

Um artigo na The Economist, na semana passada, descreveu o dilema de empresas e marcas nos protestos que vêm ocorrendo…

Ferramenta indispensável

O velho adágio que afirma ser a propaganda a alma do negócio precisa mais que nunca ser lembrado e executado pelos…

Qual é seu problema de negócios?

Novos modelos de negócios surgem diariamente. As primeiras empresas da “Nova Economia” já estão estabelecidas. Nós, pessoas, às vezes, disfarçados…